h1

Grandes Esperanças

14 setembro, 2006

Ela é uma mulher. Caso não tenham percebido. Não uma muleta, um paralelepípedo ou uma caixa de bombons. Uma mulher.

Conseguiu cada pequena coisa que tem e sobreviveu a cada experiência às custas de muito sangue, suor e lágrimas. Até agora tem feito um bom trabalho. Teve força o suficiente para aguentar cada golpe que a vida fez questão de lhe dar. E apesar de tudo isso, é extremamente bem-resolvida, moderna, descolada, tranquila, na medida do possível. E feliz.

Trabalha das 9 às 6 non stop, (isso quando não faz hora-extra e plantão de fim de semana) é uma profissional excelente, ganha razoavelmente bem, mas menos do que os homens, claro. Aguenta ordens estúpidas de um chefe incompetente e cantadas ridículas de colegas de trabalho, além de comentários invejosos de outras mulheres do recinto.

Tem um currículo considerável e o reconhecimento de colegas de profissão, uma leve tendência à liderança que a leva invariavelmente, muitas vezes a contra-gosto, à cargos de chefia que, para ela, não têm glamour algum e só significam nada mais que: mais desafios, mais responsabilidades, mais estresse, e nada de aumento. É capaz de pagar as próprias contas, todas em dia, realizar cada pequeno sonho, devagar e sempre, com perseverança e um plano de metas que faz questão de seguir à risca.

Já encarou traições de todos os tipos, puxadas de tapetes generalizadas, altos e baixos, doenças, marés de azar, infernos astrais, desemprego, depressão, engarrafamentos de quatro horas e meia, enchentes, incêndios, baratas, aranhas, sanguessugas e cobras. Faz ginástica, dança, tenta manter uma dieta saudável, come grãos, frutas e verduras, toma algumas vitaminas e evita lugares arriscados à partir de certos horários, nessa cidade impossível.

Também é capaz de trocar um pneu, dirigir uma moto, abrir um pote de palmito, uma garrafa de cerveja com os dentes, jogar bilhar, dirigir e passar batom ao mesmo tempo, pilotar um avião, programar um computador, projetar um edifício, escrever um livro, fazer uma reportagem, catalogar e estudar diferentes espécies de seres, interpretar um grande papel, dirigir um filme, presidir um complexo empresarial, defender um caso dificílimo nos tribunais e ganhar, argumentar, discutir, convencer, pular de pára-quedas, escalar uma montanha, lutar kung fu, sobreviver na selva, ser uma grande atleta, tocar piano, violão, cantar, ser mãe (o que já resume numa simples palavra aptidões para desenvolver uma série de outras atividades admiráveis), cozinhar, limpar uma casa, administrá-la com competência, entre muitas outras coisa que você nem imaginaria…

Além disso, discute política, literatura, quadrinhos, filosofia, música, religião, futebol,carros, física quântica, química, biologia, informática e qualquer outro assunto de seu interesse.
É bonita, brilhante, inteligente, comunicativa, simpática, engraçada, discreta, sexy, safada, adora sexo e o faz muito bem, tem ótimo gosto, noções de moda e estilo, é sensível, amorosa, carinhosa, compreensiva, tolerante, bem humorada, apaixonada e intensa.

Pode enfrentar qualquer coisa. Qualquer coisa mesmo. Enfim, é uma mulher forte, de fibra, personalidade, presença de espírito, sangue frio na hora certa e sangue quente quando necessário. Corajosa, notável. Apesar de tudo isso e de mais uma série de defeitos que todas as mulheres têm e que fiz questão de excluir dessa lista pois fugiria ao contexto, ela simplesmente não consegue lidar com o fato de você não a enxergar como simplesmente MULHER.

Ela não é uma rocha. Não é Xena, a Princesa Guerreira…nem a Mulher Maravilha. É um ser humano que não é auto-suficiente…ninguém é.

Precisa de carinho
Precisa de proteção
Precisa do seu colo
Do seu cheiro, do seu peito para deitar a cabeça
Precisa que você aja por si próprio, às vezes, sem a consultar
Precisa (e quer) muitas vezes que você resolva as coisas por ela
Precisa de pró-atividade, motivação, de atitudes firmes, de decisões certeiras e objetivas, como só um homem é capaz de fazer
Precisa de sua força física e emocional
Precisa de sua coragem
Precisa de seu apoio
Precisa de um pai para seus filhos
De sua alegria escrachada, de sua risada escancarada
Precisa de seu companheirismo, de silêncios compartilhados, de troca de idéias, experiências, sensações
De seu humor sarcástico, por vezes inteligente e em outras, totalmente nonsense
Precisa de sua genialidade, sua competência, seu caráter, seu talento
Precisa de seu sexo
De sua pegada firme, de sua voz grave
De seus pêlos ásperos, sua pele grossa, de sua fome, de seu desejo, de seus delírios, suas fantasias
Precisa ser cortejada, conquistada, bajulada, elogiada, agradada, saciada, seduzida, caçada, fascinada..não precisa ser nada mirabolante, sabe? Quer fazer parte do velho jogo…se fingir de presa…é tão bom!

Precisa, peloamordedeus, que você não tenha medo dela e a tire desse maldito pedestal onde você mesmo a pôs…

Precisa que você seja um homem.

E por favor. De uma vez por todas, entenda: Ela não quer competir, nunca quis. Quer sim, completar, agregar. E lembre-se: Ela NÃO É sua mãe. Ela só quer ser … mulher. Será que dá?

Anúncios

15 comentários

  1. (suspiro)


  2. Um dos desabafos mais viscerais que eu já vi!


  3. bonitona,
    a mulher que é guerreira como vc, não deixa de ser mulher, de ser delicada,carinhosa…
    muitos homens que tem mulheres guerreiras ao lado, ao invés de batalhar coisas junto com elas, competem, e erram por não perceber que a graça toda de estar junto – e – de ter todo este poder, é justamente o algo mais que torna esta união imbatível…!
    na maioria das vezes só é dada ao homem uma mulher de fibra… quem não valoriza e deixa ‘passar’ raramente terá a oportunidade de dividir a vida com outra… são deusas (não ‘endeusada’ por favor, são falíveis!)e precisam de um homem que as vejam como mulheres especiais que são…

    cada pessoa tem o que merece.

    e vc pode estar certa que merece alguém muito especial do seu lado pq vc faz a diferença:)
    bjs
    tati


  4. Será que dá, gata? Será?


  5. (suspiro II) – a missão.


  6. Me senti muito bem agora. Me sinto sempre lendo tuas coisas, mas isso veio de dentro. Bella!


  7. É, pois é.
    E ela deveria dizer a ele algo do tipo:
    “Quando dou pra ti, sou mulher. Quando dou por mim… Solidão.”
    Tudo ficará bem. Ficará sim!


  8. De minha parte só posso engrossar o coro. E agradecer por você ser nossa porta-voz.


  9. Você tem três chances para adivinhar o que aconteceu comigo no meio desse seu texto… E que está impedindo de eu digitar certinho e voltar para arrumar um monte de palavras.

    Beijo é pouco para você…


  10. Belo texto. Mesmo! Gozado, eu comecei a corrigir o texto, dizendo para mim mesmo: mudaria isto, aquilo é um lugar comum, etc. Tudo para fugir de alguma acusação de que pudesse me servir. Puro mecanismo de defesa. E o melhor do post é lê-lo e depois voltar para ler que título tem e dar de cara com um dos nomes mais queridos de minha vida como leitor.

    Eu juro que já se passaram mais de 30 anos e aprendi muitas coisas sobre mulheres, até diria que sei tudo, mas nunca consigo tudo, prova de que não aprendi.

    Beijos.


  11. Baixinha vc tem o dom da transformação… transformou nosso papo de fds num poema doce e forte, como vc!!! Nem preciso te dizer q faço das suas minhas palavras… mas ainda bem q tenho vc para traduzi-las!!! Te amo mulherão!!!!


  12. gostei do final…
    “será que dá?”
    hehehe


  13. A igualdade feminina não deve ser como se vende por aí: se eles fazem nós podemos. A mulher tem que saber que a sua participação é com a sutileza que só ela tem e não com uma masculinização para que seja notada.

    Direitos iguais não se refere a obrigações iguais se refere a tratamentos iguais.

    Boa Gab´s!


  14. Gabi, o reply deste post eu já te dei por msn, mas não custa repetir algumas coisinhas aqui. Mulher e homem, por mais que queiram se parecer às vezes, são diferentes. Necessidades e desejos diferentes. Podem querer amor, mas querem do seu jeito. Somos peculiares. E ainda bem que somos, afinal de contas! O problema é quando acham que a gente quer/precisa alguma coisa, quando quem precisa é ELE!!!!!!!
    Beijo, moça.


  15. Mas que delícia de blog! Cheguei aqui pulando de galho em galho e parei para comer a doce fruta desse texto afiado e inteligente. Vou voltar mais vezes. beijo você!



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: