h1

Feliz Natal

24 dezembro, 2006

Eu sou cristã. Não, não sou católica, nem evangélica, nem espírita nem sigo nenhum outro conjunto inútil de dogmas. Sou cristã e ponto final.

Jesus Cristo não nasceu em 25 de dezembro pinóia nenhuma (pelos cálculos dos historiadores ele deve ter nascido pelos meses de junho/julho e o dia 25 foi um golpe de marketing da Igreja Católica porque calhava com uma festa pagã romana comemorada nesse dia…vamos juntar o útil ao agradável, certo? O marketing nasceu aí!)  enfim, o que vale é a intenção de comemorar sua vinda ao mundo e o impacto que ela teve.

Pode não ter tido na sua vida, mas na minha teve. Ainda tem. Por mais que isso soe paradoxal pra você. Mas a opinião alheia sobre esse assunto não faz a mínima diferença pra mim.

Por mais que nesses tempos de consumismo desenfreado papais noéis e presentes ganhem mais destaque do que o dono da festa, ainda paro e reflito sobre os ensinamentos desse Deus que se fez homem para viver entre nós. E me lembro, quando perguntaram pra ele,  na ânsia humana e besta de saber “quem era o mais justo e cumpria todas as regras para ganhar-um- biscoito-scooby-de-Deus”, a seguinte questão:

– “Mestre, qual é o verdadeiro evangelho?”

E ele respondeu, simples, sucinto e perfeito:

– “O verdadeiro evangelho se resume em amar a Deus sobre todas as coisas a ao próximo como a ti mesmo.”

Então me diz…por que a gente complica TANTO?

Feliz Natal

E keep it simple. O que importa é o que importa.

12 comentários

  1. Você é a primeira pessoa que vejo que comemora o Natal pelo motivo certo. A esperança nunca morre, realmente.🙂

    Um Natal puramente feliz pra ti!
    Beijos!


  2. Eu acho que Natal é ótimo para comer
    ganhar presentes e se extressar com a familia!
    que essa ultima…no coments!

    ;*** chuchuzona e um feliz natal com muita comida muitos presentes e pouca familia enchendo o saco ;D


  3. biscoito scooby de Deus foi ótimo…

    Um ÓTIMO Natal pra você, Gabs. E um ano novo descomplicado!!!


  4. Ops. gostei desse post, tão sincero quanto pode. E se Jesus foi Deus ou profeta ou mito,também não importa, mas o que ele disse aí, está perfeito, e serve pra todo credo ou não credo. Abraços,


  5. É isso ai, Masc. Vc pegou o espírito da coisa.

    Foi exatamente isso que eu quis passar.

    O mensageiro não é e nunca deve ser mais importante que a mensagem.

    Beijos e feliz natal!


  6. Realmente, pouco importa a data certa em que Ele nasceu. Importa mesmo é a essência da Sua mensagem. Essa sim, deve nos acompanhar e traçar nossos caminhos.
    Feliz Natal para todos! HO! HO! HO!


  7. muito bemm!! gostei da expressão.. e tem gente por ai que diz ser católico papapa.. prega adzivinho de maria na trazeira do carro papapa.. mas não transmite nem um amor verdadeiro..! tou com vc!
    até mais!


  8. vou ali bater na isabelle e já volto.
    :>)


  9. Hum, é…sei lá. Você sabe não consigo me ligar há nada. Mas creio em Deus.

    Eu


  10. Fui batizado, como quase todo mundo é quando criança. Tenho até um nome de Santo e não é qualquer Santo, é um Super-Santo.

    Pessoalmente não tenho nada contra os Santos ou o Cristo, ou a Bíblia. Tecnicamente, tenho.
    Nunca me encaixei. Nem nos dogmas ou na cristandade. Nem na transubstnaciação ou na danação. Gosto da epifânia, mas ela não exclusiva, afinal..

    Acho difícil entender o 3 em 1 cristão.
    Nessas, ainda prefiro os Deuses, que são muitos, mas uma só coisa também. Só que os Deuses são cheios de estilo, defeitos e problemas. Estão mais próximo a mim. Pareço mais com Apolo (AHAHA ATÉ PARECE!!) do que com Tadeu. O que me aproxima de Tadeu é o meu pai, que era um homem, não o Deus.

    Ao invés de escolher estudar e entender Deus, achei mais desafiador tentar entender um simples homem, o Shakyamuni. É coisa minha, tu sabes. A gente se respeita nisso também.

    Acho linda a tua fé. Sempre achei e sempre vou achar. A fé em cristo salvou meu pai de um sofrimento terrível e sou grato por isso. Fiz minha bruxaria, claro, mas foi a maior parte do problema com ele mesmo.

    Ter alguém em quem se confie, entender os sinais e amar incondicionalmente, esquecer os erros do passado, as dores, as dúvidas – olhar para frente com amor.

    A Fé é assim.
    Não importa o credo.

    Feliz Natal.


  11. Deus tb é cheio de estilo. Mas entendo que é algo difícil para nós, imperfeitos, entender o perfeito e sua a justiça. Ela vai sempre nos soar injusta, afinal…eu sei, é difícil. Entendo. É difícil para mim, ainda. Mas a fé transpõe dificuldades.

    Deus se transmutou em Jesus justamente para estar mais próximo de nós, pq sentia que estava longe…e o homem se afastou ainda mais e o condenou… simplesmente porque não conseguiu entender o amor em sua forma mais pura.

    Enfim, o Jesus que existe por aí não é o verdadeiro Jesus. É o Jesus que o sistema quer que você acredite que existiu. O mesmo acontece com Deus.

    Não se conhece alguém DE VERDADE só de se ouvir falar, só pela sua fama.

    A gente só consegue conhecer alguém a fundo, convivendo com essa pessoa. Amando-a, compreendendo seus atos.

    Foi isso que decidi fazer.Decidi parar de me revoltar contra Deus e tentar compreendê-lo. Você sabe…”é coisa minha” hehe.

    Como em todo relacionamento, temos nossas rusgas, nossas brigas, nossos choques e discussões.

    Mas eu o amo. Não consigo deixar de amá-lo. Não poderia.

    Você sabe também que “meu” cristianismo, assim como a maioria das coisas que faço e acredito, não é nada convencional. Achei meu próprio jeito de me relacionar com Ele me despindo de acessórios inúteis, dogmas castradores, culpas traumáticas.

    Como disse no post, eu simplifiquei. Foi um longo, doloroso e árduo caminho me despir de todas as tradições e religiosidades inócuas que me foram incutidas por diversas correntes diferentes das quais sofri influência.

    Mas eu consegui.
    Graças a Deus. RÁ!


  12. Eu sou católico, gosto da Wicca, mas acredito muito muito muito em Deus. Não é o exato Deus que a Bíblia católica, evangélica… e blablabólica diz que é, pelo menos pra mim. É um Deus justo e amoroso que só quer que façamos o que você mostrou: “O verdadeiro evangelho se resume em amar a Deus sobre todas as coisas a ao próximo como a ti mesmo.”

    Quando me dizem que Ele é outra coisa, um conjunto de leis que alguns amigos ditam tão confirmadamente com código, artigo e data bem decoradas (que eles chamam de versículo e capítulo); apenas digo que é amor e justiça.

    Sou sincero, adoro época de natal, não fico pensando em ensinamentos Dele, fico contemplando a paz desse período, a beleza da cidade e, quando possivel, a presença de entes queridos que se locomovem de longe e se alocam em minha casa.

    Mas no fundo, no fundo, acabo fazendo o que Ele sugeriu e acho que isso é o mais importante.

    Um feliz natal atrasado ou adiantado já que para ti é em junho, julho ou qualquer dia desnecessário.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: