h1

Conclusões etílicas

8 fevereiro, 2007

Ontem, em meio a uma chuva torrencial que banhava São Paulo, eu e Giseli, numa mesa de boteco pé-de-porco perdido em algum lugar da maldita megalópole, filosofávamos sobre a vida e os homens, esses f.d.p nos quais somos viciadas, e chegamos à seguinte e brilhante conclusão:

O único homem sujo, fedido, maltrapilho  e “meio gay” para quem daríamos sem pestanejar seria:

O Capitão Jack Sparrow….oh god!

13 comentários

  1. Gabi…. mas Jack Sparrow não é gay?…..


  2. Sei lá se é. Mas e daí? Eu daria pra ele assim mesmo. Não viu lá a lista? – sujo, fedido, maltrapilho e “meio gay” –


  3. Jack Sparrow é ó-te-mo.

    Eu também daria pra ele. O que é ele com aquele monte de olho pintado no rosto, minha gente?


  4. “é pra te ver melhor, Carla”…ho ho ho…

    ; P


  5. Concordo plenamente! Tem uns que sao bem piores e a gente da, imagina se ia resistir! hihihihi

    kakakakakaka vc e otima!

    bjs


  6. Nossa, esse homem é tudo de bom, pintado, pelado, sujo, fedido, maltrapilho, que venha!!!rsrs


  7. Eu tb dava, só não sei se ele comia… risos.


  8. Putz, B. Eu não tinha pensado nisso ainda.


  9. Seu primeiro parágrafo ficou muito, mas muito Kerouac.


  10. ué, vai direto no original: Keith Richards.


  11. dOIDAS ? Kkkkkk

    Abraços


  12. Eu sou mais sujo, fedido, maltrapilho e quase tão gay quanto ele.

    E com certeza mais bonito, basta aumentar o seu teor etílico.


  13. Jack gosta de Rum e o que vir é lucro.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: