h1

Coisa feia

22 maio, 2007

Existe uma lista considerável de coisas que ficam muito feias numa mulher. Cito cinco que esconjuro veementemente: bota branca, músculos, buço, bebedeira e desespero, este último em qualquer sentido. PRINCIPALMENTE no sentido sexual. Feio. Horrível. Deplorável. Vergonhoso.

Bota branca, por exemplo. A não ser que você seja uma Paquita ou uma dessas modeletes super-stylin’, bota branca é uma coisa horrorosa. Fashion descontrol total.

Desespero então, é deprimente, nem dá pra falar. Uma mulher desesperada é digna de pena e, convenhamos, pena não é legal sentir por ninguém. Pena é a negação da dignidade alheia, é a prova de que fulano é totalmente incapaz, seja lá para o que for, de que sua mera existência é um fardo. Mulher desesperada é uma manisfestação grotesca de sua própria incompetência.

Músculos, buço e bebedeira, na boa? Só ficam bem em homem. E olhe lá, porque a maioria dos homens fica BREGA de bigode -Quanto à bebedeira, sim. Mulher bêbada é um espetáculo dispensável. Feio, feio, feio DEMAIS.

 E eis que já posso ouvir os grunhidos de feministas desesperadas (ops) para me torcer o pescoço. Mulheres têm o direito de ficar bêbada e passar vexame, claro. Mas que é feio é, oras! Assim como coçar a periquita ou tirar a calcinha do rêgo no meio da rua.

É deselegante. É anti-sexy. Totalmente anti-feminino. Tudo bem, ser girlie a todo tempo é um saco, assim como o sexy-forçado é uma bosta, ser trash forçada também é. Atenção! O equilíbrio é bom, ele é nosso amigo e ele é lindo, meninas.

Se eu nunca fiquei bêbada? Claro! Se fiz coisas horríveis como vomitar, xingar, brigar, dançar em cima da mesa entre outras coisas impublicáveis? Claro que fiz. Pouquíssimas vezes, aliás. Mas eu era uma adolescente idiota (pleonasmo) testando meus próprios limites. Ok, os testei e eles não eram tããão elásticos como eu julgava que fossem.

E a essa simples constatação dá-se o nome de maturidade. Idiotices são coisas que a gente precisa fazer para saber como são e para entender que são ruins. Faz parte do crescimento. Passado o momento Forrest Gump, vamos ao que interessa.

Porque uma mulher nunca deveria ficar bêbada? Porque beber faz as pessoas falarem alto, as torna repugnantes, sentimentais, autocomiserativas e burras. Mas é claro que a maioria das mulheres já é assim completamente sóbria.

Existem coisas que mulheres fazem melhor que homens e vice-e-versa, mas beber, definitivamente não é uma delas.

Tampouco a bebedeira cai bem em todos os homens, obviamente. Depois de duas doses de uísque, seis cervejas e meia garrafa de chardonnay, a maioria dos homens não se torna uma pessoa melhor.

Aliás, eles muitas vezes acabam revelando seu verdadeiro “eu”: ou viram perfeitos trogloditas ou uns chatos grudentos e sentimentalóides, às vezes uma coisa logo seguida da outra.

Mas enquanto alguns homens são bêbados ruins, TODAS as mulheres são bêbadas ruins.

O lado negro da embriaguez é a voz estupidamente elevada, a violência acidental, as risadas histéricas e o sexo imprudente. A bebedeira faz o homem fazer papel de idiota (e brocha) e faz a mulher fazer papel de louca e puta.

Novamente, não querendo generalizar: existem RARÍSSIMAS pessoas, amantes da vida e dos prazeres que sabem como aguentar uma bebedeira com classe.

Depois de uma semana difícil, um excesso etílico é até aceitável, além de ter o incrível poder de realmente melhorar alguns de nós. O àlcool tende a deixar as pessoas mais relaxadas, abertas, falantes. Agora, me diz; você já conheceu alguma mulher que precisasse ficar mais falante?

A bebedeira tende a tirar a dignidade, o orgulho e a calcinha de uma mulher – geralmente NESTA exata ordem.

A bebida tem o terrível poder de enfatizar tudo o que é desagradável numa mulher. Se ela é um pouco vulgar, o álcool vai fazer com que ofereça um boquete ao garçom. Se for nervosa, ela vai virar mesas, quebrar copos e pratos e ainda ter um ataque de ciúmes dizendo que você gosta é da irmã dela (in vino veritas…) e se for levemente melancólica, o álcool vai transformá-la numa suicída. Pode reparar.

Meninas, o álcool maximiza nossos defeitos. E quem quer ou precisa disso, peloamordedeus?

Isso não quer dizer, de forma alguma, que devemos virar abstêmias. Não. Uma mulher levemente alta é um charme. Mas até você alcançar o ponto exato, leva tempo…e lá se vão vários encontros frustrados,vexames e fama de bêbada e barraqueira.

Chegou a hora dos homens engrossarem esse côro e admitir que não aprovam mulheres bêbadas. Lá no fundo, nenhum homem quer estar ao lado de uma mulher cambaleado, enrolando a língua, rindo alto, flertando com qualquer coisa que se mova, vomitando no carro, transando com a desenvoltura de uma boneca inflável e caindo numa depressão profunda em seguida. Sim, porque a ressaca da mulher vem recheada com nosso pior carma: a culpa.

Tenho um amigo que diz: o dia que uma mulher ficar bem de bigode ou mijando pela janela de um ônibus eu vou aceitar que elas realmente sabem beber…

Todo esse texto pra dizer o que eu sempre disse: homens e mulheres são diferentes SIM senhor (senhora) e vive la diference!  Não dêem ouvidos às feministas mal-comidas, honey. Homens e mulheres não são iguais.  E tenho dito.

HIC!

Anúncios

23 comentários

  1. Gaby, inspiradíssimo!
    Lendo esse texto me senti ridícula por, algumas vezes, ter estado em algumas dessas situações. Vc tem razão mesmo! E bato nessa mesma tecla, sempre! Homens e mulheres não são iguais. E nessa onda do feminismo, quem leva a melhor são sempre eles.


  2. é isso aí Gabizita, pra variar, voce arrasou! Parabéns, concordo plenamente e me envergonho de alguns atos passados e provavelmente de alguns futuros…

    Beijocas


  3. Chegou a hora dos homens engrossarem esse côro e admitir que não aprovam mulheres bêbadas.

    Olha só: mulher embebida em álcool — de preferência um Courvoisier, mas na falta serve Dreher, mesmo –, se pegar fogo, dá boa comida flambada.


  4. Aqui em belo horizonte, as meninas / mulheres saem para beber e bebem o triplo dos homens daqui e acham isso bonito, cansei de ir em festas e ver mulheres rolando por ai, caindo e todo mundo com a maior classe e achando isso normal… em todo tipo de festa, de 15 anos, casamentos, trances, boates, bares, tem pelo menos umas 10 fazendo isso.. e nao sao só as novas… pois uma mulher que poderia ser minha mae chegou em mim e o marido dela veio pedir desculpas por ela..

    Em BH mulher bebe mais que homemm e é horrivel.. lol
    Aqui a gente da graças a deus quando estao bebadas só com alcool, pq na maioria tem maconha,lolo, esxtasy, e outras mais junto com alcool ai ja viu né ?

    Obs : tenho 16 anos, n gostei do ”adolescente idiota (pleonasmo)” Hahaha !

    Otimo texto

    Abraços


  5. A pior ressaca é a ressaca moral.

    Adorei, Gabs. Vou passar pras minhas alunas adolescentes, mas vou evitar o pleonasmo aqui.

    Bjos.


  6. HAHAHAHAHAHAHAHA.
    Texto inestimável, pela espontaneidade intrínseca à sua justificada revolta do comportamento imbecil alheio, rs.
    Concordo com tudo, e já vivi praticamente tudo tmb, es-pe-ci-al-men-te no que se refere ao que mulheres fazem quando bebem, e vc tem razão: sempre é mto, mto desagradável. Não lembro de conhecer uma que soubesse beber e/ou q ficasse razoavelmente aceitável depois de o faze-lo.
    Iniciada a campanha.
    Ah, a sacada do “adolescente idiota (pleonasmo)” foi ótima, rsrsrs, rir de nossas próprias desgraças do passado. 😉
    Bjos,


  7. É, acho que a única mulher que já conseguiu ficar bêbada com charme foi Zelda Fitzgerald, que ia dançar em fontes e tal. E mesmo assim, devia ser um porre (ops, um trocadilho involuntário, sorry) levar ela para casa.

    Eu da minha parte ainda estou testando o ponto ideal, mas me orgulho de dizer que só passei mal de beber uma vez na vida, espero que para nunca mais.


  8. Adorei! Especialmente a frase “A bebedeira tende a tirar a dignidade, o orgulho e a calcinha de uma mulher – geralmente NESTA exata ordem.”
    O álcool tende a maximizar os defeitos, tanto para homens quanto para mulheres. Claro que eu já paguei mico por dormir, vomitar, falar demais (ou melhor, ainda mais) e até passar uma noite inteira de Reveillon escrevendo minha fossa (no dia seguinte não consegui ler uma palavra!).
    Mas depois que tive que aturar vááááárias bebedeiras de marido, nunca mais errei o número de copos.
    Quem nunca passou dos limites que atire o primeiro Engov.


  9. beber, é realmente pra quem aguenta e acho sobretudo que é algo que deva ser feito com controle até pra não deixar ‘aquela alegriazinha gostosa’ cair na mediocridade…
    eu adoro uma boa dose de vodka – straight please!

    mulher bêbada é trash verdade, eu já fiquei ruim umas 2,3 vezes e hoje me arrependo total.poderia ter ficado no nivel ‘alegrinha’ e curtido mto mais…
    mas é bem isso, imaturidade da época, falta de noção…

    agora homem bêbado, pra mim nunca foi nem será algo bacana, acho tão feio qto.

    vejo como um todo, tanto H como M, são seres humanos e portanto certos exageros na minha opinião, independem do sexo que se tem, e não é papinho de feminista pq isto eu não sou meeeesmo! somente vejo a ‘igualdade’do ponto de vista de ‘ser humano’.

    tudo é uma questão de postura e principalmente de respeito com si próprio e com as pessoas que estão envolva, por mais que muitos digam – fodam-se o que os outros pensam! sabemos que no fundo a história não é bem assim…!

    a bota branca,aff… pra mim nem modeletes tem o ‘direito’ de usar botas brancas… isso é papo de revista de moda pra vender coisas bizarras!.. enfim, não dá pra discutir é algo que vai do gosto e do bom senso da pessoa. eu particularmente nao gosto.
    anfâm.

    o desespero, é o fundo do poço, e falta de amor próprio é uó total.sem dúvida a pior pedida dos listados em seu texto.

    acredito que tudo que vc faça dentro da sua responsabilidade, seja beber, ou etc se vc tem personalidade pra fazer sem que isso soe como ‘afronta ao mundo’ e sim simplesmente pq vc gosta – são outros 500!
    qdo o propósito tem personalidade imbutida o resultado é diferente!

    tudo com equilibrio é mto bom e permitido (pelo menos no meu ‘mundo’;)…

    já a bota, bom ai nem freud explica…

    e o que eu te adoro?
    saudade pequenina!
    bjos
    tati


  10. peralá. homens e mulheres são diferentes, claro que sim. e mulher bêbada é uó mesmo (nem me fale que eu lembro de coisas desagradabilíssimas). agora, homem bêbado, passando cantada e te pegando com a mão molhada do copo…aiai. não é nada melhor, valha-me.
    e tem um lance, né? a resistência da mulher é menor ao alcool, seu corpo e tal. a gente agüenta menos mesmo. agora…fazer cagada na hora da cama,tipo não se proteger, é ruim pros dois, não?!
    beijo grande,
    mônica.


  11. Hic?
    Tsc, tsc… que coisa feia! 😛


  12. Olá
    entrei aqui meio por acaso, navegando em outros blogs e cá cheguei. Adoro o jeito que você escreve. Parabéns mesmo!
    é divertido, ácido e me deixa sempre pensando sobre mesmo depois de ter desconectado.

    Sobre este post não importa muito se homem aprova ou não mulher bêbada, o que importa é que tão degradante quanto o desespero seja pelo sexo, pelo ciúme ou sei lá o que. E acho que, na maioria das vezes, a bebedeira vem acompanhada deste desespero..

    Fica feio em homem e em mulher, mas concordo que acho pior em mulher. Aí já não sei se é por que sou uma e fico me lembrando de certas cenas assim de mi vida. Ahhhhhh! No way! Péssimo!

    Outra péssima é aquela coisa de insegurança que deixa a mulher louca, sabe? De olhos arregalados, fuçando na vida do homem, nos emails, no celular, no passado, olhando pra onde olha, deixando de viver a própria vida pra viver sei lá o quê… enfim.

    é isso aí
    beijus
    pri


  13. Um amigo meu terminou um caso com uma garota quando ela vomitou…beijando, argh! Claro, ela tinha bebido além da conta.
    De resto, teu texto é como sempre, magnifico. Só uma coisa me preocupou. Quem é que te disse que somos iguais?


  14. Morri de rir com esse texto.
    E o melhor: é a mais pura verdade.
    Só queria que todas as mulheres lessem e concordassem ^^.


  15. Que texto bom, Gabriela. Dei risadas aqui no meio do frio gaúcho. Botas brancas? Bota coisa feia nisso. E costumam vir sujas, com uns ricos escuros… Putz.

    Que bom que minhas amigas são contidas no álcool ou sabem beber mesmo.

    Destaque para a foto extremamente sexy. vou colocá-la no “Porque Hoje é Sábado”.

    Beijo!


  16. Aonde o mundo vai parar?
    realmente tem coisas que homem pode que mulher nao pode e vice-versa.
    Temos que ter cuidado!!

    *: chuchu


  17. Palmas pra você! Ótimo texto. (nem sei como vim parar aqui, mas adorei seu blog)


  18. […] “Coisa Feia“, texto da Gabi, autora do blog “Fogo nas […]


  19. ganhei o dia


  20. eh por isso que eu te amoooo!!

    bjs nao alcoolicos


  21. Garota nao te conheço mas o texto diz tudo, parabens!


  22. Meu, excelente essa crônica… Parabéns!!!


  23. meu deus esta mulhe fazendo kakinh e feia mesmo



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: