h1

Do contra

25 setembro, 2007

Ó eu nadando contra a corrente, só para exercitar – como diria Cazuza…

O fato é que eu não gosto dos novos queridinhos da imprensa musical mundial.

É isso aí. Eu NÃO GOSTO DE ARCTIC MONKEYS.

Estou cansada de ler em jornais e revistas do mundo afora que eles são lindos, maravilhosos, geniais, a nova promessa do rock britânico (ué, mas não eram os…e também os.. e os…até ontem?)

Não vejo nada demais nos caras. Me diz, o que eles fazem de diferente do Strokes, do Libertines, da merda do Oasis?

Nada. Letras babacas, riffs repetitivos e comportamentozinho indie forjado.

A música Fluorescent Adolescent, por exemplo, parece cantada pelo Julian Casablancas do Strokes. A mesma levada, o mesmo tom! Já Brainstorm é puro Libertines. Agressivo, sujo, desafinado.

Enfim, nada de novo. Muito barulho por nada.

Sinceramente eu vou no Tim Festival para ver Bjork e Juliette and The Licks, que também é uma baba, é comparada com a PJ Harvey mas ao menos ao vivo é muito mais performática e interessante.

E a Bjork…bem, eu amo a Bjork!

4 comentários

  1. Opa, cai por aqui de pára-quedas e gostei do seu blog.

    Hum… bom, sou suspeita pra falar qualquer coisa, gosto de Arctic Monkeys, o primeiro álbum principalmente.

    Brainstorm é úro Libertines?
    nunca gostei deles, mesmo sendo banda britanica metida a indie igual a todas as outras…

    Björk é demais… mesmo que algumas músicas sejam experimentais demais para mim.


  2. pois é… ganhei um cd desses caras e enjoei no mesmo dia.
    mas a Bjork eu ainda to aprendendo a sentir.
    =)


  3. Ce jura que não curte AM?? E que acha Brainstorm parecida com algo do Libertines? E Fluorescent Adolescent com Strokes?!
    Balaclava ainda td bem… mas FA?

    Vou até ouvir de novo, agr com outros “ouvidos”…

    Já tentou o primeiro CD deles? Desculpa, é que eu acho estranho algm que simplesmente não curta AM…
    Mas eu tb não curto Strokes, e olha que em 2000 e 2001 isso complicava a minha vida…

    Abs, belo blog.


  4. Eu gosto de AM, mas nunca achei graça em Strokes ou White Stripes, por mais que críticos e críticos de música tentem me convencer que os caras são “revolucionários” e afins. Sou mais AM.
    Nem sei se vou no Tim Festival ainda. Até queria. Vamos ver se a grana deixa.
    Beijo, Ju



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: