h1

Preguiça

31 janeiro, 2008

Tem dias que morro de preguiça. Mas não só preguiça física, saca? Preguiça de um monte de coisas.

-Tenho preguiça de explicar as coisas pras pessoas. Se alguma velhinha chega para mim pedindo para ajudá-la a mexer no caixa eletrônico, tenho vontade de simular um desmaio.

-Explicar piadas/ou sacadas então, é o fim. Aí dá vontade de dar uma de louca e sair correndo.

-Tenho preguiça de ficar contando minha vida para quem não me conhece. A história é LONGA, COMPLICADA e cheia de revezes, como são as boas histórias de vidas interessantes. Então, a coitada da pessoa pega frases soltas, casos que parecem não fazer sentido entre uma conversa e outra e fica achando que sou esquizofrênica. E tudo bem, ué. Fuck Off!

– Tenho preguiça de ter que me explicar.

-Tenho preguiça de ter que me justificar. Ou justificar pensamentos, gostos e opiniões.

– Tenho preguiça de (ou quando sou movida a) demonstrar cultura. Seja ela inútil ou não. Referências em geral. Ter que deixar claro que conheço livros, filmes, obras de arte, música, grandes filósofos e o caralho a quatro. Preguiça, preguiça, preguiça, preguiiiiiçaaaaaaa…ai, que saco!

-Tenho preguiça de ter que ser cool, moderna, descolada, cheia de contatos e o escambau. Finjo que não é comigo e que cheguei de Pindamonhangaba ontem.

-Tenho preguiça de escrever no blog

-Tenho preguiça de escrever matérias

-Tenho preguiça de pensar

-Tenho preguiça de decidir qualquer coisa que seja, desde a roupa que vou usar naquele dia até se vou comprar um carro ou não…

-Tenho pregu…

Anúncios

8 comentários

  1. Cantemos Gil, na voz de Elis então:

    Essa ladeira, que ladeira é essa?
    Essa é a ladeira da preguiça
    Essa ladeira, que ladeira é essa?
    Essa é a ladeira da preguiça

    Preguiça que eu tive sempre De escrever para a família
    E de mandar conta pra casa
    Que esse mundo é uma maravilha
    E pra saber se a menina
    Já conta as estrelas e sabe a segunda cartilha
    E pra saber se o menino
    Já canta cantigas e já não bota mais a mão na baguilha

    E pra falar do mundo falo uma besteira
    Fomenteira é uma ilha
    Onde se chega de barco, mãe
    Que nem lá, na ilha do medo
    Que nem lá, na ilha do frade
    Que nem lá, na ilha de maré
    Que nem lá, salina das margaridas

    Essa ladeira, que ladeira é essa?
    Essa é a ladeira da preguiça
    Ela é de hoje
    Ela é desde quando
    Se amarrava cachorro com linguiça

    Adorei isso aqui.

    um beijo


  2. cheguei aqui via pequenos delitos.

    virei sempre só por causa do seu “about / who’s that girl ” … sensacional.

    espreguiça e vai ! rs.

    thiago.


  3. Gabi, saudades também. Não deixe o teu marido esquecer de me avisar quando a Valentina chegar, para 1) eu levar presentinho, 2) hipotecar solidariedade (você vai ficar cerca de dois anos sem dormir direito). Beijo!


  4. ai, eu tam


  5. Fale não. Também ando numa preguiça da porra! Preguiça de organizar o que penso, preguiça de escrever…


  6. Eu estive no blog da Anita e vi uma mensagem sua a respeito do seu about. Aqui cheguei para ler e achei muito interessante. Eu também penso que determinadas pessoas sentem que conhecem alguém de forma tão próxima que só faltam dizer que são nossos amigos de infância. E o pior é quando nos cobram posturas. Pera lá! Só duas pessoas podiam me cobrar posturas, ora! Meu pai e minha mãe e isso até os 18 anos. Tudo bem que hoje, eu tenha outras duas pessoas para quem eu deva o mesmo: minha mulher e meu filho.

    Agora, que é engraçado ver algumas figuras “cricrizando” a gente por terem uma suposta amizade chega a ser tragicômico.

    O meu about tem um poema do Lord Byron que já é um cartão de visitas bem explícito:

    Genial não sou – mas, às vezes, genioso
    Modesto – mas com certa segurança;
    Mutável, sim – mas voluntarioso;
    Paciente – sem querer perseverança;
    Jovial – mas à lamúria tendencioso;
    De boa paz – mas propenso a desprezar.
    Chego a pensar, se às vezes me concentro:
    Sou dois por fora a cada um por dentro.
    (Lord Byron)


  7. Eu…tb….uááárrrhhhhgggg…


  8. Eu normalmente tenho preguiça de comentar em blogs alheios… Mas devo dizer que adoro coisas que me fazem preparar meio bule de café e aguentar acordada mais umas horas, enquanto me delicio, rs. E foi o que aconteceu aqui… Já consta dos favoritos, claro.
    Abraços.



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: