h1

Why so serious?

16 julho, 2008

Pois é, fui na cabine de “Batman – O Cavaleiro das Trevas”, de Christopher Nolan, que estréia nos cinemas nesta sexta-feira (18/07) e …pirei.

Como vocês vão sofrer praticamente uma enxurrada de críticas sobre o filme (a net já está lotada delas) vou deixar aqui só minha leve opinião.

Se quiserem mais infos sobre enquadramentos, luz, trilha-sonora, figurino e blábláblá, leiam por aí. Se é que alguém dá importância a essas coisas num blockbuster, enfim…

Bem, como direi? São duas horas e meia de pura adrenalina, sem encheção de lingüiça. É right to the point, um soco no baço. No escuro, ainda.

Pra vocês terem idéia, saí do cinema pilhada, transtornada mesmo, devido ao ritmo frenético e às cenas de ação completamente loucas do filme. Levei algumas horas para me acalmar. Não me lembro de ter saído de um filme assim, tão nervosa, desde Seven, os Sete Pecados Capitais, de David Fincher, um de meus diretores prediletos.

Em Batman as cenas são absurdas. Absurdas no bom sentido. São tantos elementos em um mesmo take que você fica meio baratinado, não consegue prestar atenção em todos os detalhes, o jeito é tentar pegar a idéia geral (do tipo: “Batman está ali tentando salvar fulano de tal e derrubar os planos do Coringa, por exemplo) pra não se perder, porque vc fica tonto, facinho, facinho.

O roteiro é cheio de meandros, reviravoltas e sutilezas, muito, muito bom. Tem pitadas de graphic novels clássicas como: “Cavaleiro das Trevas”, “Batman, Ano Um” , “Batman Asilo Arkham” e “A Piada Mortal”, visíveis em algumas falas, retiradas ipsis literis dos quadrinhos (só quem é fã mesmo vai reconhecê-las).

O Coringa rouba totalmente a cena. Aliás, o filme deveria se chamar: “Batman meets the Joker”, porque, é inegável o magnetismo e a interpretação sublime do finado Heath Ledger na pele do melhor vilão de quadrinhos de todos os tempos. Sua personalidade exuberantemente doentia sobrepuja o espírito taciturno e contido de Batman e o relega a um mero papel coadjuvante. Crucial, mas secundário.

A catarse de Heath Ledger chega a ser tocante, digna de palmas, tive vontade de me levantar e gritar “BRAVO!” no cinema. Como fâ inveterada de quadrinhos, tive muito orgulho e lamentei terrivelmente pela morte de alguém tão, tão talentoso. Aliás, isso já havia ficado bem claro em “O Segredo de Brokeback Mountain”. O cara era bom.

Se depois de ter visto a interpretação de Ledger ,Jack Nicholson ainda insistir em dizer que a sua é insuperável, trata-se de sinal latente de esclerose múltipla o que faz da declaração (e do declarante) algo digno de pena.

O Coringa de Ledger É o Coringa. É o personagem encarnado em seu mais profundo grau de insanidade e demência. A caracterização, os trejeitos, a risada nervosa, a maquiagem, o raciocínio capenga, tá tudo ali.

Incomparável.

Bem, o resto…o resto fecha toda a trama num filme de ação delicioso e um baita de um tributo a um dos maiores heróis de quadrinhos do mundo.

Simplesmente obrigatório para quem gosta do gênero.

Vai lá.


5 comentários

  1. Vou ver na estréia, porque adoro uma estréia. Beijos.


  2. Fiz assim, nao li muito nao pq to muito afim de assistir, vai que desempolgo. é possivel?


  3. nada como ter alguem que escreva o que a gente tá pensando, mas nao tenha a mesma capacidade de escrever né? entao… vc me psicografou…. fui ver o filme ontem e senti tudo isso aí que vc sentiu…. fora as partes de fã de quadrinhos, pq nao sou, nao conheço quase nada, mas pirei no filme, MUITO bom mesmo….

    saudades de vc lindona!
    Beijo beijo


  4. Eu nem tive coragem de escrever uma resenha. Não ia achar palavras pra justificar a experiência que foi assistir àquilo. Vou de novo pelo menos duas vezes essa semana. Me peguei debruçado na cadeira da frente quando o Heath entrava em cena. Impressionante.

    Que filmaço. Top 3 na minha vida sem sombra de dúvida. Mas nada ainda bate ‘Brilho Eterno’… ô filminho…


  5. OK, sou um ET. Cansei na metade.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: